Melhores ligações elétricas com linha de alta condutividade

O uso de materiais convencionais como cabos para têxteis inteligentes, geralmente se apresenta problemático porque são duros, inflexíveis e quebradiços. Além disso, são considerados impraticáveis devido ao seu baixo conforto de utilização contra a pele e à sua lavabilidade limitada. Uma solução é proporcionada por linhas condutoras de bordado que foram especialmente concebidas para circuitos impressos têxteis. Invisivelmente ocultos entre duas camadas de tecido ou usados diretamente sobre a pele, são flexíveis para trabalhar e são excelentes para a produção de circuitos impressos têxteis, sensores, atuadores e aquecedores, bem como para a transmissão de som ou para o contato de lantejoulas de LED.

O Know-How sobre bordados encontra a competência de processamento

Anos de experiência em bordados combinados com métodos de produção modernos tornam a conhecida linha Shieldex da Statex uma linha de bordar de alto desempenho para requisitos especiais. A poliamida revestida a prata proporciona alta condutividade para contactos e circuitos impressos. Também adequada como linha de costura, é a solução inteligente para têxteis eletrónicos no vestuário desportivo e de trabalho, moda, saúde, automóvel, têxteis para o lar e muitas outras aplicações têxteis inteligentes.

Transfira o folheto HC como PDF agora

HC - linhas altamente condutoras para máquina de bordar industrial

HC 12

[Translate to Global Portugiesisch:] High conductive embroidery thread cone detail

Linha de bordar revestida a prata grossa (dtex 235x2) com resistência <100 Ohm/m. Particularmente adequado para circuitos impressos e aplicações estáveis, que exijam a menor resistência possível. Em cones de 1000 m para 100/16 agulhas.

HC 40

[Translate to Global Portugiesisch:] Conductive embroidery thread cone detail

A mais versátil entre as linhas condutoras e com a dtex 117x2 é muito fácil de trabalhar - entre outras coisas, com agulhas comuns 75/11 ou 80/12. A resistência nominal de <300 Ohm/m pode ser alterada, mudando a quantidade de material e o tipo de ponto. Disponível em cones de 2500 m.

Como consigo alterar a resistência dos circuitos impressos têxteis?

Uma resistência variável é fundamental para controlar a condutividade dos condutores têxteis. Isto é obtido variando o número de linhas do ponto. Simplificando, a resistência diminui à medida que é usado mais material condutor. Ao bordar, isto é alcançado, por exemplo. colocando várias linhas de pontos fixos ou pontos de costura excessiva com um ponto acetinado. A utilização de linha de canela inferior em combinação com várias linhas de ponto pode reduzir a resistência inicial nominal da linha superior até 90%. O comprimento do condutor têxtil, a tensão da linha e a densidade do ponto também podem influenciar a resistência. Por este motivo, recomendamos que realize sempre as suas próprias experiências e medições até encontrar o circuito impresso ideal para a respetiva aplicação.

Switch on the Magic - com as linhas HC Madeira