Fundada em 1919 na cidade de Freiburg com o nome "Burkhardt & Schmidt Garnfabrik", a empresa criou rapidamente a reputação de fabricante de linhas de bordar de alta qualidade. A base deste sucesso era a combinação dos valores tradicionais e do gosto pela inovação dos fundadores da empresa.
Em 1975, a "Burkhardt & Schmidt Garnfabrik" mudou o seu nome para MADEIRA. A empresa, até então focada principalmente no mercado nacional, tornou-se cada vez mais globalizada nos anos seguintes. Nos últimos anos, foram feitos investimentos consideráveis na sede de Freiburg / Floresta Negra, em termos de tecnologia e sustentabilidade nos últimos anos, de modo que, ainda hoje, cerca de 70% de todas as linhas vendidas ainda são produzidas na fábrica principal.
Atualmente, a MADEIRA é uma das maiores empresas do setor, com inúmeras filiais em todo o mundo e uma logística de distribuição internacional.

MADEIRA uma cronologia

A Madeira é uma empresa de gestão familiar com sede e unidade de produção em Freiburg, na Alemanha. A Madeira foi fundada em 1919 com o nome  "Burkhardt & Schmidt Garnfabrik". Originalmente, a Burkhardt & Schmidt Garnfabrik produzia linhas de coser de algodão e, mais tarde, passou a produzir linhas de bordar de algodão.
No final da década de 1950, o filho do fundador, Rudi Schmidt teve a ideia de desenvolver uma linha de bordar à máquina de viscose. A sua visão era incorporar a luminosidade e o brilho da viscose numa linha destinada a máquinas de bordar. Para tal, foi necessário desenvolver um novo tipo de linha, dado que a viscose era exclusivamente utilizada para o fabrico de tecidos exclusivos.
Na década de 1960, a empresa continuou a investigar e a desenvolver tecnologias para o fabrico de linhas de viscose, dado que esta matéria-prima se revelou ideal para os bordados à máquina. Até hoje, não existe outra linha de bordar com um brilho e suavidade comparáveis. A empresa aperfeiçoou a sua linha de bordar à máquina de viscose e batizou-a de "Madeira CLASSIC". A Madeira foi a primeira empresa do mundo a lançar com êxito linhas de bordar de qualidade em 100% viscose para a indústria comercial de bordados.
Em 1975 o nome da "Burkhardt & Schmidt Garnfabrik" foi alterado para "Madeira Garnfabrik", uma vez que a linha de bordar à máquina "Madeira CLASSIC" se tornou reconhecida em todo o mundo. O nome tem origem na ilha portuguesa da Madeira, conhecida pelos seus famosos bordados. No passado, as obras de arte bordadas desta ilha eram exportadas para dinastias reais orientais e europeias.
A empresa mudou para a terceira geração. Os gémeos Michael e Ulrich Schmidt dirigem a empresa até hoje. Tornaram a Madeira num ator global, com várias filiais espelhadas em todos.
A Madeira desenvolveu "Neon", a primeira linha de bordar em poliéster destinado a cores de sinalização em néon, p. ex., para vestuário de segurança. Mais tarde, a palete de cores "Neon" foi ampliada e a linha recebeu o nome de "Polyneon", a linha de bordar de poliéster para tecidos de desgaste elevado e vestuário com lavagens frequentes.
O desenvolvimento da Madeira trouxe novos produtos e, na década de 1980, tornou-se um fabricante líder de linhas de bordar e de efeitos de elevada qualidade. Complementou o mercado com uma variedade única de diferentes linhas de bordar, bem como linhas metálicas, como o "FS 40" ou o "Supertwist", a linha brilhante da alta costura.
Durante este período, os irmãos Schmidt modernizaram, ampliaram e desenvolveram a unidade de produção de Freiburg. Hoje, a Madeira é uma das mais modernas e eficientes empresas de produção de linhas do mundo e opera uma das mais modernas e sustentáveis operações de tinturaria de linhas na Alemanha.

Hoje, o Grupo Madeira é um ator global de gestão familiar com 400 trabalhadores de todo o mundo e várias filiais na Europa, nos EUA e na Ásia. A sede, em conjunto com a unidade de produção, continua situada em Freiburg, na Alemanha.